Previdência privada

Cuide de seu futuro com a família DNA de Previdência, que oferece alocações ativas e diversificadas de forma acessível.

ABRA SUA CONTA
LiquidezÉ possível solicitar retiradas do seu plano a qualquer momento, respeitando o prazo mínimo entre solicitações.FlexibilidadeÉ possível trocar seu plano e seguradora sem ter que resgatar e pagar Imposto de Renda e reaplicar.Benefícios TributáriosNão há come-cotas: o IR pode atingir 10% na tabela regressiva. É possível abater até 12% da renda bruta através do PGBL.
O que é a Previdência Privada?
O que é a Previdência Privada?

A Previdência Privada é uma forma de investimento em que você contribui com uma quantia em dinheiro por um determinado período, e esse valor é rentabilizado de acordo com o plano escolhido. Os pagamentos podem ser mensais, de uma só vez ou, ainda, portabilizados de um plano já existente em outra instituição. Lembre-se de que, quanto mais você investir durante um tempo maior, mais seu patrimônio cresce.

imagem página do Previdência Privada

Adquirir um plano de Previdência Privada pode ser muito mais do que complementar a renda da sua aposentadoria. É uma forma inteligente de diversificar seus investimentos de médio e longo prazo para planejar um novo negócio, comprar um bem, preparar e fazer aquela viagem dos sonhos, programar os estudos dos filhos e organizar a segurança financeira da família.

Escolha o plano ideal para você
Escolha o plano ideal para você

Nós temos um plano ideal para cada tipo de investidor, com gestores diferenciados em todas as categorias como Renda Fixa, Multimercado, Renda Variável e alternativos. Confira os planos disponíveis, selecionados com cuidado por nossos especialistas.

Veja a lista disponívelCompare os fundos
Como funciona a Previdência Privada?

Escolha sua modalidade
Há duas modalidades dentro da previdência: PGBL e VGBL.
Modalidade PGBL: para um perfil de cliente com declaração completa de Imposto de Renda e vinculado ao INSS tanto como contribuinte quanto beneficiário. Com contribuições dedutíveis da base de cálculo de Imposto de Renda, até 12% de renda bruta anual, com o cálculo de IR incidindo sobre o total resgatado ou sobre a renda recebida. Fique atento, dependendo de quanto você investir, pode ser que faça sentido passar a declarar no modelo completo para poder usufruir desse benefício.
Modalidade VGBL: para um perfil de cliente com a declaração simplificada de Imposto de Renda ou que deseja investir mais que 12% de sua renda bruta anual tributável, sem contribuições dedutíveis da base de cálculo de IR e o cálculo incidindo apenas sobre o rendimento, quando ocorre o resgate ou o recebimento da renda.
Escolha a tributação
No momento da contratação do plano, você poderá optar entre dois diferentes tipos de regime tributário:

Regime Progressivo: a alíquota na fonte é de 15% no resgate, com ajuste posterior na declaração anual de IR. É recomendada para quem não tem a opção de ficar um longo período (maior que 6 anos) sem fazer um resgate.

Base de Cálculo Mensal Alíquota Parcela a deduzir do IRPF
Até R$ 1.903,99
De R$ 1.903,99
até R$ 2.826,66
7,5% R$ 142,80
De R$ 2.826,66
até R$ 3.751,05
15,0% R$ 354,80
De R$ 3.751,05
até R$ 4.664,68
22,5% R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,68 27,5% R$ 869,36

*Atualizada anualmente pela Receita Federal.

Regime Regressivo: as alíquotas de IR diminuem com o tempo, começando em 35% até chegar a 10% para prazos acima de 10 anos. É recomendada para quem consegue manter os recursos no longo prazo.

Base de Cálculo Alíquota
Acima de 10 anos 10%
De 8 a 10 anos 15%
De 6 a 8 anos 20%
De 4 a 6 anos 25%
De 2 a 4 anos 30%
Até 2 anos 35%

Escolha o plano
● Renda Fixa Pós-fixados: investem prioritariamente em Títulos Públicos e Privados Pós-fixados, nos quais a rentabilidade varia de acordo com o indicador de referência.
● Renda Fixa Pré/Inflação: investem em títulos nos quais a rentabilidade é definida no momento de compra do ativo, podendo ter variação atrelada ao CDI ou à inflação.
● Multimercados Macro: estratégia baseada no cenário macroeconômico de médio e longo prazo. Caracterizam-se pela liberdade de investir em ativos de Renda Fixa, Moedas, Ações, Derivativos e investimento no exterior.
● Multimercados Outros: engloba diversas estratégias dentro da classe de Multimercados. São planos com percentuais de alocação mais definidos em determinadas classes de ativos.

Traga seu Plano de Previdência para a XPMigre seu plano atual de Previdência Privada para a XP sem pagar Imposto de Renda. O processo é 100% on-line, sem burocracia e com assinatura digital.
Fazer a portabilidade
Baixe o aplicativo da XPEvolução, rentabilidade e segurança. Tudo em um só lugar, de forma simples e intuitiva.
baixe o app na android
baixe o app na apple
Baixe o aplicativo da XP
Ficou com alguma dúvida?

A taxa de administração existe em todos os fundos. Ela remunera os serviços de administração e gestão, incidindo sobre o patrimônio mantido pelo investidor.

Essa taxa é divulgada como um percentual anual. No entanto, a cobrança não é feita de uma vez só, mas, gradual e proporcionalmente.

Quando você visualiza a rentabilidade de um fundo em sua posição ou histórico informado pela gestora, tal resultado já é abatido da taxa administrativa e da taxa de performance, caso tenha.

Você pode conferir qual a taxa de administração que o fundo possui no link abaixo:

Lista de Planos de Previdência

A taxa de performance é uma remuneração baseada no resultado. Equivale a um bônus cobrado pelo administrador por ter conseguido entregar ao investidor uma rentabilidade superior a um referencial previamente combinado.

Em um fundo mais agressivo, a referência pode ser o Ibovespa. Assim, se ele tiver desempenho melhor que o do índice num determinado período, parte do ganho excedente – 10% ou 20%, por exemplo – ficará com o administrador.

Geralmente, esta taxa acontece apenas em planos de alto risco na XP. Você pode conferir se um determinado fundo possui tal taxa no link abaixo. É só selecionar o fundo e clicar:

Lista de Planos de Previdência

Fundo com taxa de performance vale a pena?

A taxa de performance é conhecida como a taxa mais justa do mercado financeiro. Você sabe por quê?

Ela é uma taxa que depende do fundo superar a expectativa de performance normal dele. Se um fundo com uma característica tal, tem  expectativa de performance entre 12 a 15% ao ano –número completamente genérico, ok? – e consegue desempenhar 17%, permite-se pegar 20% do que ele passou do resultado esperado para o fundo, pelo ótimo resultado, acima do previsto e normal.

Nesse exemplo, como o fundo passou 2% do máximo esperado, ele pega 20% disso, 0,4%. Ou seja, a taxa de performance ocorre apenas quando o fundo performa excepcionalmente. Portanto, se ela foi cobrada, significa que nosso fundo performou muito bem e ganhamos ainda mais com isso.

Então, vale a pena investir em fundo com taxa de performance? Com certeza! Se há essa taxa, isso significa que os investidores estão tendo uma ótima rentabilidade.

A data de concessão que aprece na proposta de previdência, corresponde a uma data de referência para utilização do capital investido.

É importante ressaltar que essa data NÃO representa uma carência, ou seja, ela não especifica uma data para o recurso ser acessado.

O investidor poderá realizar o resgate de sua previdência quando desejar.

Esta data representa apenas um vencimento da aplicação da previdência, mas não carência. Por isso, na proposta o sistema preenche diretamente o máximo possível, 95 anos de idade para o investidor.

Os Fundos de Pensão, também conhecidos como Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), são entidades que são acessíveis a empregados vinculados a alguma empresa, entidade de classes ou associações.

Os Fundos de Pensão constituídos por patrocinadores, empresas e empregados contribuem para a formação de reservas a fim de possibilitar pagamentos futuros de benefícios.

Cabe ao associado decidir se quer ou não participar e esse tipo de plano, em geral, não possui código SUSEP, mas possui um código CNPB.

Já a Previdência Privada Aberta, também conhecida como Entidades Abertas de Previdência Complementar (EAPC), disponibiliza planos de previdência comercializados por bancos e seguradoras, podendo ser adquiridos por qualquer pessoa física ou jurídica.

Os Planos de Previdência Complementar mais conhecidos são o PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e o VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre). Importante! Todo plano de Previdência Privada Aberta possui código SUSEP, que serve para identificar o plano para os órgãos regulatórios.

Para realizar a portabilidade no site um plano de previdência, segue o passo:

  1. Faça login no Portal de Cliente: xpi.com.br;
  2. Produtos;
  3. Previdência;
  4. Lista de Planos;
  5. Selecione o plano que deseja e clique em “Contratar“;
  6. Para migrar seu plano de outra instituição para a XP, selecione: “Portabilidade“;
  7. Selecione em qual instituição sua previdência está custodiada hoje;
  8. Insira as informações do plano solicitadas: Código Susep, CNPJ, Número da Proposta / Certificado, Tributação: Progressivo ou Regressivo. Todas elas você encontra no extrato do Internet Banking de seu banco;
    1. Caso você tenha uma previdência com tributação Progressiva, você pode alterar a Regressiva. O contrário não é válido. Porém, para realizar isso, é necessário primeiro migrar o plano a XP com as mesmas características. Após realizar a portabilidade, é necessário aguardar a carência de 60 dias corridos e realizar a portabilidade interna para o mesmo plano, alterando apenas a tributação.
    2. Não é possível alterar a modalidade da previdência: VGBL para PGBL ou o contrário.
  9. Selecione se irá realizar a portabilidade total ou apenas de parte (parcial) do valor de sua previdência;
  10. Selecione se o plano terá contribuição mensa O valor mínimo mensal é de R$500,00 para todos os planos da plataforma;
    1. Selecione a forma de pagamento. Em caso de Débito Automático, só é possível realizar por contas bancárias cadastradas em sua conta XP aceitas pela seguradora do plano;
    2. Selecione o dia de pagamento. A primeira contribuição mensal irá acontecer apenas 30 dias após a abertura do plano. Portanto, caso a data de vencimento tenha menos de 30 dias após a contratação, ela irá iniciar no próximo mês.
  11. Informe os beneficiários: nome, sexo, parentesco e data de nascimento;
  12. Assine a proposta com sua assinatura eletrônica.
Tire outras dúvidas
seal-bmfbovespa
A XP Investimentos CCTVM S.A., inscrita no CNPJ/ME sob o nº 02.332.886/0001-/­04, é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil (“XP Investimentos”) e exime-se de responsabilidade por danos sofridos por seus clientes, por força de falha de serviços disponibilizados por terceiros. Ainda sim, destaca que toda comunicação através de rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas. A XP Investimentos informa que os recursos de seus clientes são mantidos em conta de registro utilizada exclusivamente pela corretora para registro de operações de cada cliente, conforme previsto no § 6º, Art. 14-A da Resolução do Banco Central do Brasil nº 1.655, de 26 de outubro 1989. Não obstante, a XP Investimentos informa que estas contas de registro não se confundem com as contas de pagamento de que tratam os arts. 6º, inciso IV, e 12 da Lei nº 12.865, de 9 de outubro de 2013. Por essa razão, esclarece que os recursos mantidos em contas de registro não possuem regime jurídico equivalente ao dos recursos mantidos em conta de pagamento, nos termos previstos no art. 12 da Lei nº 12.865, de 2013.
anbima-prod-investimentos
anbima-ofertas-publicas
anbima-private
anbima-admin-fiduciaria
BMBC.201030.Selos_PQO_RGB_positivo-e1652280254869
O seu endereço de e-mail será usado com a finalidade de uma oportunidade, notícias sobre investimentos e contato da XP Investimentos. Para mais informações, visite nossa política de privacidade .Configuração de cookies.