Hedgers


Hedgers são os participantes do mercado ligados ao produto físico. Os vendedores têm o produto físico, como os produtores rurais e suas cooperativas. Eles entram no mercado procurando um “seguro” contra uma eventual baixa de preços em uma data pré-determinada no futuro (data da comercialização da safra agrícola). Os compradores são os que precisam do produto como matéria-prima para a sua atividade. Eles buscam o mercado futuro para assegurar o preço de seu insumo e garantir o custo de seu produto final.

Exemplo de uma operação de proteção (hedge): Quantidade: 3 mil sacas. Custo por saca: R$ 15,83.

Cada contrato de milho na bolsa é composto por 450 sacas, portanto: 3 mil sacas/450 sacas = 7 contratos.

Supondo-se que a intenção seja vender em setembro e que o mercado atual referente a setembro esteja em bons patamares, é possível “travar” o preço na Bolsa para garantir o valor atual, mesmo que no futuro (setembro) ele venha a cair.

Nesse caso, é necessário, antes de tudo, abrir conta em uma corretora e depositar uma margem de garantia. No caso do contrato com vencimento em setembro, por exemplo, a margem para o produtor é de R$ 1.000,00/contrato. Multiplicando-se por sete contratos, a margem total exigida é de R$ 7.000,00.

*Para cadastrar-se como hedger, é necessário apresentar a nota de venda física à corretora.

Tomando como base um valor de R$ 24,50/saca em Campinas (SP) e o diferencial de base histórico para a região de Cascavel (PR), que é de R$ 3,50/saca, procura-se realizar o hedge em R$ 21,00/saca.

Supondo-se que o mercado físico caia para R$ 20,00/saca, temos: BM&F: 24,50 – 20,00 = 4,50 * 3.000 sacas = R$ 13.500,00. Físico: 21,00 – 3,50 = 17,50 + 4,50 = R$22,00 (hedge em 21,00/saca).

Supondo-se que o mercado físico suba para R$ 25,50/saca, temos: BM&F: 24,50 – 25,50 = -1,00 * 3.000 sacas = R$-3.000. Físico: 25,50 – 3,50 = 22,00 - 1,00 = R$21,00 (hedge em 21,00/saca).

Conclusão: Com um custo por saca de US$ 15,83, o lucro líquido foi de R$ 5,17/saca, tanto com o mercado em alta como com ele em baixa. Obs.: no vencimento do contrato, a margem de garantia será devolvida.